Como de costume acontece, o tempo se adiantou aos meus passos e perdi a hora (o relógio eu perdera anos antes) sem estar sequer na metade do caminho. Quarenta por cento, por facilidade de referência – estimados pela proximidade do sobradinho alaranjado de onde ouço sempre um disco já um tanto fora de rotação (decerto empenado pelo calor da improvável tonalidade das paredes), cantando você que já não diz pra mim as coisas que eu preciso ouvir, e me arrepio num pressentimento vago que só se esvai ao me entreter com um citröen arredio ou com as gargalhadas adolescentes vindas de uma garagem pouco mais à frente (marco dos cinquenta por cento). Mas quarenta era muito pra ser revertido naquele bafo de inverno seco, então segui andando como quem já tem novo rumo. Mas não tinha, que rumo teria uma atrasada aguda a caminhar num concreto irregular que lhe exige atenção?  E tampouco era-me de grande valia a possibilidade de alcançar essa reposta – já parecia supérflua qualquer coisa que não me deixar nessa inércia de passos preciosistas.

Então continuei a caminhada improvisada à procura de um fim pra essa história – poderia surgir de qualquer parte, claro. De cima, inclusive. Mas não veio, deixou-me num desamparo conformado gastando energias a esmo pelas ruas da lapa. Duas ou três cenas me pareceram notáveis, mas prefiro economizá-las para momentos mais oportunos. Vi aquele pôr do sol sem horizonte tão conhecido pelos cosmopolitas, seguido do anoitecer inquieto que me sugeria a (meia) volta necessária.

Voltei – trajeto decidido e silencioso do qual  não tenho muito a dizer.

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “”

  1. ainda anônimo Says:

    a interpretação é uma merda. mas é também o que amo na sua escrita, a possibilidade de ler coisas diferentes em tempos diferentes em humores diferentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: